• Frontur

Recife como você nunca viu


Conhecida pela influência holandesa, a "cidade dos arrecifes" (que hoje é um dos centros urbanos mais desenvolvidos do país) preserva muitos resquícios do período colonial, garantindo que uma viagem pela cidade revele não apenas as belezas naturais da costa brasileira, mas também uma faceta histórica.


Capital de Pernambuco, Recife tem sua história ligada ao porto da cidade e recebeu esse nome por conta da barreira de arrecifes ao redor. Acima de tudo, a cidade é lotada de rios, pontes e canais, assim como é perfeita para quem procura por atrações históricas, muito lazer e, claro, belas praias.


Vamos dar um pequeno passeio por esse destino?


PASSEIOS DIURNOS

Instituto Ricardo Brennand & Oficina Brennand

O Instituto está localizado em um complexo arquitetônico em estilo medieval e guarda o Museu do Castelo São João, a Pinacoteca, uma biblioteca e uma capela. Com um dos maiores acervos de armas brancas do mundo, o local reúne mais de 3 mil peças (a maioria originária da Europa e da Ásia). Ali também é possível admirar a coleção de pinturas, tapeçarias, armaduras, espadas, punhais e facas.


Situada na margem oposta do Rio Capibaribe, a Oficina Brennand funciona como um museu-ateliê do ceramista Francisco Brennand. Datado de 1971 e instalado em uma antiga fábrica de tijolos e telhas, o local é considerado único e exibe um extraordinário conjunto arquitetônico. Esse passeio permite conhecer as peças de um dos mais importantes ceramistas brasileiros e rende lindas fotos.


Recife Antigo

Para aqueles que estão a fim de um passeio histórico, o centro antigo é a melhor escolha. Endereço do Marco Zero da cidade, a região concentra pontos turísticos e muitas construções charmosas, que remetem à época do Brasil Colônia.


DICAS

O que fazer: quer saber o que vai encontrar ao dar um giro pelo Recife Antigo? Anote aí: o Museu Cais do Sertão, dedicado às histórias e às tradições do povo e da cultura sertanejos; a Igreja Madre de Deus, do século 18; a Capela Dourada, de 1697 e conhecida pela quantidade de ouro utilizada em sua construção; a Torre Malakoff, levantada em 1853 para funcionar como observatório astronômico; o Paço do Frevo, local para pesquisas e difusão do frevo; e a Sinagoga Kahal Zur Israel, erguida em 1630 durante o período de dominação holandesa.


Mercado de São José & Mercado Boa Vista

Bem pertinho do Recife Antigo, este point é ideal para quem busca opções de presentes, já que tem no artesanato regional seu ponto forte. Ali há inúmeras alternativas de souvenires, como ímãs de geladeira, enfeites, redes, instrumentos musicais e até bebidas.


Agora, para aqueles que amam provar a gastronomia típica, o Mercado da Boa Vista não decepciona e serve pratos de dar água na boca. Se você estiver por ali, não pode deixar de provar o “Arrumadinho”, receita tradicional preparada com feijão verde, farofa, vinagrete, carne de sol e queijo frito. Além dessa delícia há também caldos, escondidinho, sarapatel, peixes, dobradinha e galinhada, por exemplo.


Praia de Boa Viagem

A Praia de Boa Viagem é famosa no mundo inteiro e, portanto, não pode ficar de fora do roteiro de ninguém! Principal praia urbana da cidade, uma caminhada pela orla é sempre bem-vinda.


DICAS

O que fazer: quem reserva um tempinho para explorar seus encantos deve aproveitar para saborear as comidinhas vendidas por ambulantes, como queijo assado e caldinhos de peixe, camarão e feijão.


Fique ligado: perto dessa praia fica o Parque Dona Lindu, local que sedia o Teatro Luiz Mendonça e da Galeria Janete Costa. O parque dispõe ainda de esculturas, quadra poliesportiva, pistas de skate, cooper e parquinho infantil, além de ser palco para shows e eventos ao longo do ano.


Passeio de Catamarã pelo Rio Capibaribe

É neste momento que você vai entender porque Recife é conhecida como “a Veneza brasileira”: o barco passa embaixo de cinco pontes, e, reza a lenda, você tem direito a cinco pedidos, que devem ser feitos no momento em que passar por cada uma das construções.


DICAS

O que fazer: a bordo, um guia conta a história da cidade e aponta lugares interessantes que são avistados da embarcação, como as construções coloridas da Rua da Aurora, onde também está o Cinema São Luiz, uma das mais antigas salas de exibição de rua no país. Este tour parte diariamente do Restaurante Catamarã, no bairro São José.


Fique ligado: se você quer um programa mais “relax” ou o tempo na cidade está curto, uma opção bacana é o passeio de Catamarã pelo rio Capibaribe.


Dar um pulinho em Olinda

Não tem como você ir até Recife e ignorar Olinda. É item obrigatório em todas as listinhas sobre o que fazer em Recife. A cidadezinha fica logo ali do lado, pegando um táxi ou Uber você chega lá numa boa e ainda dá pra dizer que um dia é suficiente para conhecer essa cidade histórica e charmosa.


DICAS

Por que conhecer: Olinda possui templos católicos de singular beleza, como a suntuosa e ricamente decorada Basílica de São Bento, o Convento de São Francisco e suas quatro capelas com azulejos portugueses e a Igreja da Sé, de onde se tem a clássica panorâmica da cidade, tendo Recife e o mar como pano de fundo.


Ir de Recife a Porto de Galinhas

Se você tiver tempo, vale a pena passar uns dias em Porto de Galinhas. Três dias lá são suficientes para conhecer as principais atrações. Quatro ou cinco dias dá para você descansar também. Porto de Galinhas pertence ao município de Ipojuca e está a cerca de 60 quilômetros de Recife – sem trânsito, você consegue fazer esse trajeto em apenas uma hora de carro! Confira as opções:

  • Alugar um carro: o carro te dá liberdade de ir de Recife a Porto de Galinhas e ainda se aventurar por Maragogi ou Carneiros.

  • Ônibus de Recife a Porto de Galinhas: há duas linhas de ônibus, da empresa Expresso Vera Cruz, que partem do Recife para Porto de Galinhas – a linha 195 e a 191. Ambas passam pelo aeroporto e pela praia de Boa Viagem e param na entrada da vila de Porto de Galinhas.

  • Transfer: há diversas empresas turísticas que oferecem este serviço no saguão do aeroporto, carros de aplicativos ou táxi, que estão disponíveis no desembarque do terminal aéreo.


Praia dos Carneiros

Um pouco mais distante de Recife, mas ainda na área da capital pernambucana, está a Praia dos Carneiros. O mar desta praia é de uma coloração esverdeada que muitas vezes parece transparente, sua areia é branquinha e em sua orla há uma pequena igreja do século XVIII que encanta todos os visitantes. É realmente um paraíso!


DICAS

Por que conhecer: curtir o mar cristalino, admirar os inúmeros coqueiros na beira do mar, aproveitar o sol e a natureza são as dicas mais importantes do lugar.


O que fazer: aproveitar o mar, claro, é a principal atração de Carneiros. A praia permanece rasa por um longo trecho de areia na maré baixa – por isso é possível ir caminhando até a área das piscinas naturais e as crianças podem brincar no mar sem muito perigo.


PASSEIOS NOTURNOS

Rua da Moeda

A Rua da Moeda é uma das mais conhecidas do Recife Antigo, popular entre os jovens por reunir vários bares legais na mesma região.


DICAS

Por que conhecer: para quem quer fazer um happy hour ou encontrar os amigos, os bares da rua são boas opções.


Fique ligado: o lugar também recebe apresentações musicais, inclusive nas prévias do Carnaval.


UK PUB

O UK Pub é uma das melhores opções na noite recifense para ouvir música ao vivo. Com uma programação variada, a casa atende a gostos distintos, ou seja, do sertanejo, passando pela MPB, até o rock.


DICAS

Por que conhecer: o local é ótimo para quem quer beber, encontrar amigos, dançar ou apenas curtir música.


Fique ligado: assim como o ritmo musical, o valor da entrada varia de acordo com o dia.


Feirinha de Boa Viagem

Na Praça de Boa Viagem funciona uma feirinha legal para fazer pequenas compras ou um lanche. A feira é dividida em duas partes: uma destinada a produtos do artesanato local, roupas e presentes; outra, dedicada a comidinhas, onde se pode encontrar tapioca, sanduíches, doces, etc.


DICAS

Fique ligado: cada vendedor abre suas barracas em um horário, mas a feira funciona principalmente entre 16h e 22h.


Galeria Joana D’Arc

Se você procura um lugar descolado para terminar o dia com muita animação, a Galeria Joana D’Arc é o ponto certo para você!


DICAS

Por que conhecer: o lugar concentra uma variedade boa de bares e restaurantes e se torna uma ótima opção para os indecisos que não querem passar a noite toda em um único estabelecimento.


O que fazer: localizado na parte mais boêmia de Recife, a Galeria se enche de vida principalmente no fim do dia, com muitos ritmos de música variados, cervejas artesanais e cardápios com o melhor da culinária pernambucana. Vale a visita!


FACILIDADES E DICAS

  • Como em qualquer outra grande capital brasileira, tenha cuidado ao circular pelas ruas e evite andar com objetos caros para não chamar atenção. À noite, evite ruas com pouco movimento ou "esquisitas", como os recifenses gostam de chamar os lugares que podem oferecer algum perigo.

  • Como em diversos outros destinos turísticos, a praia fica melhor na maré baixa. Se puder, viaje durante a lua cheia ou a lua nova - períodos em que a maré baixa é melhor para passeios. Acompanhe o site da Marinha para verificar a tábua de maré.

  • Lembre que o Recife é uma área onde ocorrem ataques de tubarões. Evite entrar no mar na maré alta, distanciar-se muito da areia, mergulhar com objetos brilhantes ou com algum sangramento.

  • A maioria dos pontos turísticos de Recife e Olinda não cobra preços exagerados, apenas simbólicos. Essa é uma das boas vantagens de uma viagem à cidade.

  • Se preferir épocas mais tranquilas em Recife, porém evitar as chuvas, melhor embarcar na primavera, a partir do comecinho de setembro. Neste período, os preços de voos e hospedagem costumam estar mais amigáveis e esta é a estação menos chuvosa no destino.

  • Na prática, o clima é agradável para o turismo o ano todo, com médias em torno dos 26°C e 28ºC.

  • Viajar para o Nordeste é sempre uma grande oportunidade para descobrir novos lugares e aproveitar belas paisagens naturais. A capital pernambucana, nesse sentido, é uma das regiões que oferece ao turista vistas deslumbrantes e uma boa infraestrutura.

0 comentário