• Frontur

Porto Seguro, uma viagem inesquecível


Uma estância turística costeira

Com mais de 140 mil habitantes, Porto Seguro é considerada a porta de entrada para o Nordeste Brasileiro, além disso, o destino conta com aproximadamente 85 quilômetros de belas praias, que se estendem de Caraíva, ao Sul, até à Praia do Mutá, no Litoral Norte.


Foi aqui que começou a nossa história, há mais de 500 anos atrás, berço do nascimento do Brasil. Então considere visitar Porto Seguro como a experiência em vivenciar a história do país a céu aberto.


PASSEIOS DIURNOS

CENTRO HISTÓRICO DE PORTO SEGURO

Já pensou você em uma paisagem localizada no alto de uma colina, de frente para o mar, e ainda recheada de fatos históricos sobre o Brasil? Pois é essa experiência que o Centro Histórico (ou cidade alta) de Porto Seguro proporciona.


DICAS

Por que conhecer: as marcas da herança colonial são evidentes em Porto Seguro, em especial no seu centro histórico. Ao recuperar os fatos fica fácil perceber o grande valor histórico e cultural da cidade.


O que fazer: como patrimônio histórico a céu aberto, com um belo gramado rodeando as coloridas casas coloniais, o complexo arquitetônico abriga o Marco do Descobrimento, o mais antigo do país (1506); a Igreja de Nossa Senhora da Pena (1535) e a Casa de Câmara Cadeia (de 1756), onde é o Museu de Porto Seguro.


MEMORIAL DA EPOPÉIA DO DESCOBRIMENTO

Trata-se de um local com diversas exposições históricas sobre o descobrimento do Brasil. Ocupando uma área de 20 mil metros quadrados, o memorial tem apenas 600 metros quadrados de área construída. O restante do espaço abriga um imenso jardim botânico com vegetação típica de restinga e uma réplica da Nau Capitânia, a embarcação que trouxe Pedro Álvares Cabral e sua tripulação ao Brasil.


DICAS

Por que conhecer: já que é a região onde os colonizadores portugueses estiveram pela primeira vez no país, é conhecido como um local importante e uma república de patrimônio histórico. As viagens turísticas trazem, na maioria das vezes, como uma das principais abordagens apresentações culturais, principalmente do povo indígena.


O que fazer: o percurso, com de cerca de 25 minutos, é feito pelo jardim botânico, com guias contando histórias e curiosidades. Ainda há esculturas, mosaicos, desenhos em azulejos e uma oca indígena.


Fique ligado: o ponto alto está no final, quando chegamos na incrível réplica da Caravela Nau Capitânia. Construída por um carpinteiro naval local, você vai se surpreender com a grandiosidade da caravela de Pedro Álvares Cabral. São 35 metros de comprimento, 7 metros de altura, sendo que o mastro principal chega em 27 metros. Suba, desça, fique perto dos canhões, observe ao longe e se imagine um navegador português.


OBSERVAÇÃO DE BALEIAS

Nem só de sol e praia é feita a cidade de Porto Seguro. Para amantes da vida selvagem, o município do litoral sul da Bahia apresenta um programa imperdível: a Observação das Baleias Jubarte.


DICAS

Por que conhecer: nos meses de julho a outubro abre a temporada de observação de baleias em Porto Seguro. Nesta época, as jubartes migram das águas geladas do Atlântico para o litoral quentinho baiano, para se reproduzirem.


O que fazer: saindo do píer de Porto Seguro, o passeio é uma verdadeira imersão. No período da navegação, que dura cerca de 1h30, uma bióloga explica sobre as baleias e os cuidados para o passeio. A duração total é de 4h, sendo uma hora só de observação.


PARQUE MARINHO DE RECIFE DE FORA

O Parque Marinho de Recife de Fora é considerado uma das maiores belezas naturais do Brasil e abriga um recife de coral com 17 mil metros quadrados. Essa área de preservação é um dos principais pontos turísticos de Porto Seguro, na Bahia, e atrai visitantes que desejam flutuar nas piscinas naturais para ver o fundo do mar.


DICAS

Por que conhecer: a reserva abriga todas as espécies de corais do Brasil, inclusive alguns em extinção, além de peixes diversos, raias e ouriços. Não deixe de dar uma espiadinha na cor do mar.


O que fazer: a Escuna sai do píer municipal, no início da Passarela do Descobrimento e durante aproximadamente 1h é possível navegar tranquilamente até chegar ao recife de fora, onde você desembarca e permanece cerca de 2h30 para um banho de mar e visita as piscinas naturais. A Escuna também conta com serviço de bordo, onde são vendidos salgados e bebidas. Lembrando que as saídas só acontecem nas semanas de luas cheia e nova e no horário da maré baixa, quando os recifes ficam descobertos, formando piscinas naturais.


Fique ligado: por conta da preservação, a área de visitação é delimitada. Não dê comida aos peixes, respeite às regras e evite escorregões e machucados usando sapatos de água ou crocs.


PRAIAS DE PORTO SEGURO

Antes de escolher a sua praia em Porto Seguro, é preciso saber o que você procura: sossego ou (muito) agito. Caso a opção seja ficar na tranquilidade, a dica é seguir em direção a Santa Cruz Cabrália, onde estão as praias menos badaladas da região. É por lá que ficam Mutá (10 km do Centro de Porto Seguro) e Coroa Vermelha (14 km, já em Santa Cruz Cabrália), com bonitos recortes, águas claras, estreitas faixas de areia e pouco ou nenhuma música baiana.


Já para quem busca o burburinho típico de Porto, o destino é Taperapuã, a 7 km do Centro. Nas megabarracas que tomam conta do espaço tem música e paquera o dia todo, além de pistas para lambaeróbica, palcos para shows, dançarinos e humoristas. Um pouquinho antes fica a praia de Mundaí, com infraestrutura de barracas e águas calmas que atraem famílias com crianças.


· Praia de Mundaí – considerada uma das praias mais bonitas de Porto Seguro. De mar aberto, possui ondas fortes e maior incidência de águas vivas. Tem algumas barracas de praia e restaurantes ao pé na areia.


· Praia de Taperapuã – mais famosa e movimentada praia de Porto Seguro. É onde está o Toa Toa, barraca de praia com grandes apresentações de Axé Music e danças coreografadas.


· Praia do Mutá: águas calmas e uma longa faixa de areia. Mais procurada por famílias com crianças.


Fique ligado: em Porto Seguro estão algumas das praias mais bonitas da Bahia, mas saiba que as melhores, estão mesmo é nos distritos de Trancoso, Arraial d’Ajuda e Caraíva, distantes do centro. Na orla de Porto Seguro, sede do município, tem menos praias e a diversidade é menor. Embora, claro dê pra se divertir nelas.


PASSEIOS NOTURNOS

ILHA DOS AQUÁRIOS

A Ilha dos Aquários está situada entre Porto Seguro e Arraial d’Ajuda e é uma fantástica área verde e composta por vegetação nativa, exótica.


DICAS

Por que conhecer: considerada hoje como centro de lazer e entretenimento, com maior contato com a natureza, boa música, acesso à gastronomia local e integração a uma gama de atividades ecológicas, como o Museu do Mar, teatro, grandes aquários e muito mais.


O que fazer: a ilha possui uma natureza preservada, enfeitada por coqueiros e bromélias que formam um caminho maravilhoso. Além disso, são cinco aquários distribuídos pelo parque com várias espécies marinhas como tubarões, arraias e outros vários peixes.


Fique ligado: além dos magníficos aquários, a ilha tem um palco ao ar livre para shows de músicas, teatro para crianças, malabares, restaurantes, bares, oficinas de pintura, feirinhas de artesanato, boate e muito mais.


PASSARELA DO DESCOBRIMENTO (PASSARELA DO ÁLCOOL)

A passarela recebe turistas o dia todo, mas é a noite que possui mais atrações. A passagem cheia de lojinhas, bares e restaurantes fica efervescente a partir das 18h, pois a maioria das lojas abre na parte da tarde.


DICAS

Por que conhecer: é o ponto de encontro que mais movimenta a cidade durante as noites. Sua fama também é resultado do abrangente contexto histórico, ou seja, a Passarela do Álcool é considerada um dos primeiros locais do Brasil a serem povoados pelos portugueses, trazendo a história do descobrimento do país como uma das características da região.


O que fazer: a Passarela do Descobrimento é cheia de mesas espalhadas e bares com música ao vivo. Os restaurantes, como o Colher de Pau, oferecem pratos que mesclam a culinária portuguesa, indígena e baiana. Aproveite para provar a tapioca da Tia Leia, tomar um drink na Barraca da Adriana ou refrescar-se na Sorveteria do Coelhinho.


Fique ligado: vá para a Rua do Mucugê e conheça o Beco das Cores, os restaurantes, bares, lojas e casas noturnas. Não se esqueça do Morocha, um bar super animado e grande, com opções de cervejas, drinks e vários pratos. Separe também uma noite para um luau na praia de Taperapuan. Você não vai se arrepender.


FACILIDADES E DICAS

· Ônibus: para o deslocamento em Porto Seguro é prático e barato. As linhas levam a todos os pontos turísticos e praias, e funcionam bem, apesar de não circularem a noite toda.


· Aluguel de carros: os lugares têm fácil acesso, o trânsito é descomplicado, tornando o passeio bem mais fácil.


· Serviços bancários: Porto Seguro conta com bancos e caixas eletrônicos espalhados por toda a cidade. O cartão de crédito é aceito na maior parte dos restaurantes, incluindo as grandes barracas das praias.


· Tábua das Marés: este recurso mostra a hora exata do momento de maré baixa e alta. Por auxiliar muito na hora de programar os passeios, disponibilizamos o link da Marinha Brasileira para consulta através do https://tabuademares.com/br/bahia/porto-seguro/previsao/mares


· Guarda-sóis: em Porto Seguro não existe a opção de aluguel deste item, afinal, as barracas de praias já oferecem mesa e cadeira.

0 comentário