• Frontur

Maceió, o paraíso das águas

Atualizado: Fev 12


O que mais chama a atenção de quem chega a Maceió é o mar de cor variada – ora verde, ora azul – e o Sol, presente quase o ano inteiro, que faz com que as águas estejam sempre mornas. A cidade se destaca economicamente pela pesca de peixes e crustáceos e pela importância do açúcar, produto responsável por mais da metade da movimentação do Porto de Maceió, o que faz com que ele tenha o maior terminal açucareiro do mundo.


PASSEIOS DIURNOS

Maceió é uma capital relativamente pequena, com pouco mais de 1 milhão de habitantes. O burburinho da cidade concentra-se no litoral, em especial nos bairros de Pajuçara, Ponta Verde e Jatiúca. Além disso, por causa das curtas distâncias, muitas pessoas aproveitam que estão em Maceió para explorar o litoral sul e norte do Estado. Então, é natural que ao viajar os turistas aproveitem a oportunidade para visitar também outras cidades do Estado.


MERCADO DO ARTESANATO

De forma geral, este é o ponto onde se pode encontrar o melhor da cultura alagoana. O mercado está instalado no centro da cidade e conta com 280 boxes com as mais diferentes opções de suvenires, tudo preparado manualmente. Há trabalhos em couro, madeira, barro, renda, palha e cerâmica, bem como roupas em algodão natural e os tradicionais bordados.


DICAS

Por que conhecer: expondo peças artesanais dos mais variados tipos, o Mercado do Artesanato é considerado uma das maiores vitrines do setor no Estado.


MIRANTE DE SÃO GONÇALO

Bem pertinho da Catedral Metropolitana, também no centro da cidade, os turistas têm acesso ao ponto com a melhor vista panorâmica de Maceió. Isso porque o mirante fica no topo da Ladeira Eustáquio Gomes de Melo e, de lá, é possível ver a área do porto, o centro histórico e o trecho urbano das praias. O passeio vai valer a pena!


DICAS

Por que conhecer: amantes de fotografias e de belas paisagens devem reservar um tempo para conhecer o Mirante de São Gonçalo, no centro de Maceió.


O que fazer: desse mirante pode-se observar a área do porto, o mar verde que banha o litoral alagoano e Jaraguá, o bairro histórico de Maceió.


Fique ligado: o acesso é gratuito e fácil, basta ir até a Catedral Metropolitana e seguir pela ladeira que está em sua lateral (Rua Osvaldo Sarmento). Dê preferência a uma visita em dia de sol, pois a paisagem fica mais bonita.


PRAIA DO GUNGA

No município de Barra de São Miguel, a apenas 33 km da capital alagoana, a célebre Praia do Gunga é rodeada por coqueiros, tem estacionamento privado e diversão para toda a família. É simplesmente imperdível!


DICAS

Por que conhecer: pois este é um pequeno paraíso localizado a poucos quilômetros da capital Maceió.


O que fazer: um dos passeios mais clássicos é o de buggy, que leva os visitantes às falésias, à Lagoa do Roteiro e ao Mirante do Gunga.


PRAIA DO FRANCÊS

A pouco menos de 20 minutos de carro de Maceió, a Praia do Francês é famosa por suas belezas naturais. Muito procurada por quem viaja para a capital, é cercada por uma barreira de corais, o que faz com que a praia se equipare a uma piscina natural de tão tranquila.


DICAS

O que fazer: a Praia do Francês possui várias barracas, ambulantes e um mar de tirar o fôlego! É um lugar mais indicado para conhecer em um dia útil, já que nos fins de semana suas areias ficam lotadas de gente.


Fique ligado: com barracas que adicionam comodidade aos visitantes, a dica ali é fazer passeios de barco ou simplesmente curtir um dia em frente ao mar.


MUSEU PALÁCIO FLORIANO PEIXOTO

O Museu Palácio Floriano Peixoto é uma verdadeira viagem pela história do estado de Alagoas. Dispondo de mobílias antigas e obras assinadas por artistas locais, uma das salas mais interessantes é a dedicada a Aurélio Buarque de Holanda Ferreira, autor do dicionário Aurélio.


DICAS

Por que conhecer: este lindo museu chama a atenção devido a sua beleza arquitetônica. Além disso, o local se destaca por abrigar um acervo riquíssimo, que inclui móveis e objetos antigos e quadros de pintores alagoanos renomados.


PRAIA DE PAJUÇARA

Muito procurada pelas famílias, a Praia de Pajuçara tem uma atração de cair o queixo: as piscinas naturais. Por toda a orla estão espalhadas as coloridas jangadas que levam os visitantes até elas, permitindo que vejam peixinhos e tirem muitas fotos.


DICAS

Por que conhecer: se você gosta de lembrancinhas locais, não deixe de dar um pulinho na feira.


O que fazer: a região, que conta com várias opções de bares e restaurantes, é endereço também da Feira de Artesanato de Pajuçara.


PRAIA IPIOCA | HIBISCUS BEACH CLUB

Você precisa conhecer a Praia de Ipioca. Dona de águas mornas e claras e de uma faixa de areia branquinha, ela fica pertinho de Maceió e, de quebra, tem o Hibiscus Beach Club. Em outras palavras, é conforto e diversão na certa!


DICAS

Por que conhecer: trata-se de uma megaestrutura à beira-mar que oferece redes, lounges, música ao vivo, espreguiçadeiras e um cardápio delicioso.


O que fazer: com uma ótima estrutura, o beach club também conta com música ao vivo e um cardápio de babar: os carros-chefe são os peixes e frutos do mar, de comer rezando e em qualquer um de seus dois espaços, o beach ou o lounge.


QUER MAIS? QUE TAL UM PULINHO EM MARAGOGI?

Apenas 130 km separam Maceió de Maragogi, destino muito famoso e conhecido como o Caribe Brasileiro. Um dos diferenciais de Maragogi é o belo conjunto de piscinas naturais de águas cristalinas localizadas a 6 km da costa, as quais os visitantes podem conhecer a partir de passeios de catamarã.


Vale lembrar que esses passeios só são realizados durante a maré baixa, por isso não deixe de consultar a tábua de marés da Marinha para saber qual é o melhor dia para a visita.


PASSEIOS NOTURNOS

JANTAR EM UM RESTAURANTE DE MACEIÓ

Não tem como ir embora sem experimentar as deliciosas iguarias locais, como a carne de sol com nata e o baião de dois! O mais legal é que por lá você encontrará fantásticas opções de restaurantes espalhadas por toda a cidade, como o Bodega do Sertão, em Mangabeiras, e o Picuí, em Jaguará. Ambos servem o melhor da culinária regional.


Outra dica bem legal são os restaurantes que ficam localizados na orla, entre a Praia de Pajuçara e a Ponta Verde. Entre as duas praias há perfeitas opções para uma ótima refeição.


QUIOSQUES DAS PRAIAS DE MACEIÓ

É claro que os incríveis quiosques beira-mar não poderiam ficar de fora das indicações do que fazer à noite em Maceió. Para isso, na orla das praias há vários quiosques super legais, como o Pier 39. Outras dicas são as barracas Lopana e Kanoa, na Praia Ponta Verde, ambas são perfeitas, tanto para aproveitar o dia, como a noite, principalmente para os que procuram um ambiente mais descontraído e com música ao vivo.


BARES EM MACEIÓ

A próxima dica sobre o que fazer na noite de Maceió fica por conta dos incríveis bares e botecos da região. Por lá você encontrará ótimos bares, com infraestrutura bem legal, muitos drinks e comidas deliciosas, como o boteco Lugar Nenhum. Mas, se a sua praia for o Jazz Clássico, então não deixe de conhecer o Rex Jazz Bar. O bar boêmio fica situado em um antigo casarão, no bairro Jaguará, atrai inúmeros apaixonados pelo estilo musical.


O Orákulo Chopperia e o Maikai Show Bar têm um ótimo ambiente que leva os clientes a ficarem lá se divertindo até tarde com músicas ecléticas.


Já dominando a arte do forró pé de serra, quem se destaca em absoluto é o Bar do Lampião.


FACILIDADES E DICAS

  • A temperatura média anual é de 25ºC, variando 26ºC no verão e 23ºC no inverno. A época de alta temporada e maior movimento obviamente é o verão, que coincide com o período mais seco do ano e com águas mais claras. O inverno de Maceió é um período mais chuvoso, mas, por outro lado, pode propiciar preços mais convidativos;

  • Um fator que faz toda diferença para aproveitar o mar é escolher um período de maré baixa para viajar. Isso porque nessa época do mês a maré fica mais vazia e as piscinas naturais mais bonitas.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo